Por favor entre com seu Login e senha pra aproveitar todas as Funcionalidades do Fórum.

    Bruce e Gilgamesh : Capas parecidas...

    Compartilhe
    avatar
    The Mechanix
    Administrador
    Administrador

    Masculino Número de Mensagens : 580
    Idade : 27
    Localização : Rio de Janeiro/RJ
    Emprego/lazer : Téc. de Informática
    Humor : =[
    Melhor Album : Accident of Birth
    País de Origem :
    Data de inscrição : 20/08/2008

    Lendo Bruce e Gilgamesh : Capas parecidas...

    Mensagem por The Mechanix em Ter 6 Jan 2009 - 5:23



    Hugh Gilmour é um destes gigantes do design gráfico mundial. Há quinze
    anos em plena atividade no mercado, seus trabalhos podem ser observados em capas de CDs e DVDs, embalagens especiais, anúncios de jornais e revistas, ilustrações para camisetas, relançamentos, entre outros produtos, de clientes como Emerson, Lake & Palmer, Phil Collins, Led Zeppelin, The Kinks, Jeff Beck, Black Sabbath, Cliff Richard, Marillion, Whitesnake, Mott The Hoople, The Jesus And Mary Chain, Fleetwood Mac e Mick Jagger.

    No decorrer da carreira que rendeu tão extenso e variado portfólio, nada deu maior projeção ao inglês que a longa parceria com Bruce Dickinson (Iron Maiden).







    É de autoria dele a logomarca da Bruce Air, linha aérea que dá aos fãs a oportunidade de terem o lendário vocalista como piloto em viagens para shows do conjunto britânico. Isso sem falar em sua assinatura nas artes do DVD Anthology (2006), da compilação The Best Of Bruce Dickinson (2001), do registro ao vivo Alive In Studio A (1995) e dos álbuns de estúdio The Chemical Wedding (1998) e Tyranny Of Souls (2005).

    O calcanhar-de-aquiles de Gilmour encontra-se justamente neste penúltimo lançamento que citamos, para muitos o disco que tornou inviável o não-retorno de Dickinson ao Maiden.

    A pintura “O Fantasma de uma Pulga” (”The Ghost Of A Flea”) de William Blake presente na capa de The Chemical Wedding já havia sido utilizada pelo Gilgamesh, grupo setentista de Jazz, Fusion, Rock Progressivo, no LP Another Fine Tune You’ve Got Me Into (1978).

    Gilmour foi contatado pelo Solada na semana passada e nos atendeu gentilmente, ainda que surpreso com a situação. “Eu não sabia desta capa do LP do Gilgamesh. Isso é muito interessante”, afirmou.

    O imbróglio foi explicado por ele de duas maneiras. Na primeira, o desenhista falou sobre a relação de contínua influência e interação entre os profissionais de sua área. “Designers e artistas são inspirados e influenciados uns pelos outros o tempo todo”, explicou. “O problema é muito mais grave para alguém como Roger Dean (Yes, Asia, Budgie), cujas brilhantes ilustrações são reconhecidas e ligadas quase que imediatamente ao Prog Rock e, desta forma, acabam sendo utilizadas como uma espécie de estenografia visual”.

    Em sua segunda consideração, o artista garantiu: “Eu e Bruce somos grandes admiradores de William Blake e não conhecíamos o álbum do Gilgamesh. Todas as imagens que utilizamos foram oficialmente licenciadas pela Galeria Tate de Londres, detentora dos direitos sobre elas”.


    William Blake (1757 - 1827)



    Músicos do Gilgamesh também foram procurados, mas não se pronunciaram. A banda encerrou atividades no final dos anos setenta.
    Dos membros que gravaram Another Fine Tune You’ve Got Me Into, os mais atuantes atualmente são Trevor Tomkins, lendário baterista de Jazz que leciona na Royal Academy Of Music de Londres, e Hugh Hopper, baixista que ficou conhecido por sua trajetória com o Soft Machine, diagnosticado com leucemia em junho de 2008.

    O guitarrista Phil Lee teve grande sucesso no Jazz principalmente durante as décadas de setenta e oitenta; em noventa iniciou o projeto Octopus com Jim Richardson (ex-If), mas, pouco tem aparecido nos últimos anos. O líder e tecladista Alan Gowen faleceu em 1981.



    _________________

      Data/hora atual: Ter 27 Jun 2017 - 3:08